Parcerias


AMARAA LInQUE e a AMARA assinaram em Janeiro de 2015 um protocolo de colaboração que visa a elaboração de projetos de trabalho conjunto, potenciando as valências de cada uma das entidades, nomeadamente a nível da formação e da prestação de serviços.
A AMARA – Associação pela Dignidade na Vida e na Morte é uma pessoa colectiva de direito privado constituída sob a forma de associação sem fins lucrativos, reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social.
Há mais de dez anos que a Associação Amara faz acompanhamento psico-existencial de pessoas com doença crónica, avançada e progressiva e suas famílias, no domicílio, hospitais, e outras instituições, preparando voluntarios e profissionais de saúde para esse fim.
Vários elementos da LInQUE são já voluntários da Associação pelo que este protocolo surge de forma natural a história das duas organizações.
CSP Arroios

 

A LInQUE e o Centro Social da Paróquia de São Jorge de Arroios assinaram em Fevereiro de 2015 um protocolo de colaboração no qual as instalações do Centro são cedidas gratuitamente para a sede operacional da LInQUE. Visa ainda promover a cooperação entre as duas instituições, nomeadamente através da partilha de saberes e recursos a nível da prestação de serviços. O Centro é uma Unidade Humanitude prestando um serviço de elevada qualidade à população que serve, pelo que muito nos orgulhamos deste protocolo.

 

 

 

AASFE LInQUE e a ASFE assinaram em Setembro de 2015 um protocolo de colaboração que visa apoiar os doentes que desejam permanecer no domicilio e que pontualmente necessitem de internamento numa Unidade de Cuidados Paliativos.
A ASFE é uma Instituição Particular de Solidariedade Social reconhecida como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública, dedica-se a prestação dos serviços de Cuidados Continuados Integrados, Residência Assistida, ERPI (Estrutura Residencial para Pessoas Idosas) e transporte de doentes.
As duas instituições através da sua missão social potenciarão as valências de cada uma delas através de ações de formação e divulgação e da possibilidade de apoio ao internamento urgente de doentes com fracos recursos económicos seguidos pela LInQUE.

 

apelanewLInQUE e a APELA assinaram em Junho de 2016 um protocolo de colaboração que visa apoiar os doentes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) que desejam permanecer em casa e que necessitem de apoio de uma Equipa de Cuidados Paliativos Domiciliária.
A APELA é uma Organização não governamental sem fins lucrativos com estatuto de IPSS, atribuído em 2009 e inscrita no Livro da Saúde.
Os seus objetivos são, promover a divulgação da natureza da doença junto da sociedade civil, doentes, famílias, médicos e todo o pessoal técnico ligado à área da saúde.  Apoiar os doentes com ELA –  Esclerose Lateral Amiotrófica, e familiares  no sentido de os esclarecer e ajudar na resolução dos seus variados problemas.
As duas instituições através da sua missão social potenciarão as valências de cada uma delas através de ações de formação e divulgação.
Pretende-se com este protocolo apoiar no domicilio os doentes com ELA e respetivas famílias, através duma equipa interdisciplinar que se articule com a APELA e os diferentes prestadores de cuidados de saúde permitindo assim a continuação do cuidar.

 

mynurseA MyNurse é uma plataforma tecnológica e uma aplicação IOS e Android que pretende facilitar a prestação de cuidados de apoio ao domicílio. O seu compromisso é disponibilizar uma base de dados de cuidadores e prestadores de apoio domiciliário, com qualidade, eficiência no tempo de resposta e com custos acessíveis e justos. Atenta às necessidades particulares de cada utilizador, a plataforma permite a escolha do perfil do cuidador que mais se adequa ao pretendido pelo utilizador, entre outras funcionalidades.

A MyNurse tem agora uma nova funcionalidade na sua aplicação: Cuidados Paliativos, onde em parceria com a LInQUE, dá a hipótese aos seus utilizadores de terem o apoio duma equipa de Cuidados Paliativos no domicílio.

A LInQUE e a Mynurse acreditam que podem fazer a diferença, levando os Cuidados Paliativos a mais casas, e mais longe e por isso, no mês de Fevereiro de 2017, assinaram um acordo de parceria com o objetivo de divulgar os serviços prestados pelas duas organizações